sexta-feira, 25 de julho de 2014

Como ter sucesso na implementação do GIS em uma organização?

Sistemas de Informações Geográficas (GIS em inglês) são pilares essenciais para as organizações modernas, pois o GIS é capaz de armazenar dados geoespaciais de forma a suportar a sua recuperação, análise e tomada de decisão. E atualmente, os dados geográficos estão presentes em quase todos os lugares, desde o nome de uma rua em uma tabela comum, até latitudes/longitudes de pontos coletados com GPS.
De acordo com a KPMG Information Technology, 45% dos projetos GIS nos Estados Unidos e Canadá não alcançam os objetivos requeridos, e a maioria dos projetos extrapola os limites orçamentários e de tempo de execução. Esta porcentagem tende a ser muito maior nos países em desenvolvimento.
Para se alcançar sucesso neste tipo de projeto, são recomendados estas seguintes premissas:
1.     Implementar uma estratégia de GIS para a corporação: Cada órgão ou empresa possui seu próprio modelo de negócio e sua própria estratégia de gestão, e o GIS deve ser capaz de servir às estes propósitos corporativos. A estratégia do GIS na corporação deve ser liderada pela instituição, com eventuais apoios de consultores, empresas privadas e órgãos parceiros. O que temos visto comumente é a materialização desta estratégia através de Planos Diretores de Geotecnologias, que, alinhados com os Planos Diretores de TI, suportam as áreas de negócio da instituição.

2.  Manter um time de especialistas em GIS (GIS é diferente de TI!): A maioria das organizações possui sistemas de TI bem estabelecidos, como ERP, e-business, CRM e outros, que funcionam de forma muito estável, e são suportados por um poderoso e altamente qualificado time de TI. GIS é algo diferente e não deve ser gerenciado da mesma forma. Especialistas em GIS possuem conhecimentos menos profundos em TI e a gestão e aquisição de dados geoespaciais é muito diferente quando comparado com dados tradicionais. Geralmente um bom time de GIS possui especialistas em Cartografia, Geografia, Meio ambiente, Banco de Dados e Desenvolvimento de Sistemas. Ou seja, precisa ser um time multidisciplinar!

3.    Alocar recursos financeiros, tempo e apoio: GIS não é algo barato, mesmo quando se implementam soluções Open Source, visto que a atualização tecnológica e a capacitação da equipe deve ser algo frequente. Recursos financeiros adequados devem ser alocados para a implementação do GIS dentro da corporação. Outro ponto importante é que raramente os projetos envolvendo GIS são rápidos, o que demanda muito tempo e dedicação do Gerente do Projeto.



Estabelecer o GIS dentro da organização não é um tarefa simples. É preciso um planejamento cuidadoso, porém, quando implantado, o GIS fornece um elevado ganho de produção, reduz a desinteligência na tomada de decisão e aumenta a eficiência corporativa.

Nenhum comentário :

Postar um comentário