Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Alinhamento das ações aos pilares da Governança Corporativa – Parte 4

No post anterior abordamos o Referencial Básico de Governança do TCU uma ação de grande porte voltada para a melhoria da gestão e governança nas organizações públicas e seus relacionamentos aos preceitos da governança corporativa.
Código das Melhores práticas de Governança Corporativa - IBGC foi elaborado pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa reforçando a relevância das melhores práticas e adaptando-as às novas demandas e à realidade do mercado. 
As boas práticas de Governança Corporativa convertem Princípios em recomendações objetivas, alinhando interesses com a finalidade de preservar e otimizar o valor da organização, facilitando seu acesso a recursos e contribuindo para sua longevidade.
Os Princípios do IBGC estão em consonância com o segmento Áreas de Integração para o Governo Eletrônico da ePING, que estabelece a padronização de especificações técnicas para sustentar o intercâmbio de informações em áreas transversais da atuação governamental, de forma a buscar a int…

FIPECAFI promove palestra sobre Convergência aos Padrões Internacionais de Contabilidade no Setor Público

A FIPECAFI (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras) promoveu a palestra de Leonardo Silveira do Nascimento, Coordenador-Geral do Tesouro Nacional sobre Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação, sobre “Avanços e Desafios da Regulação e Prática da Contabilidade Aplicada ao Setor Público em Padrões Internacionais”.

A Profa. Dra. Patrícia Siqueira Varela abriu o evento fez a apresentação do palestrante e breve relato sobre as disciplinas do MBA Contabilidade Pública da FIPECAFI para público especializado, que lotou o auditório da Fundação. A Profa. Dra. Patrícia Varela elogiou o objetivo de implementar as normas contábeis internacionais para disponibilizar todos os dados da federação obtidos pelo Tesouro para a sociedade em geral.

Leonardo Silveira do Nascimento iniciou a palestra agradecendo a oportunidade de disseminar o conhecimento sobre os avanços da regulação e prática da contabilidade aplicada ao setor público.
“O processo de adoção de regras e procedi…

Cem por cento digital

Na última semana estive presente no evento "Brasil 100% Digital", promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), pela Secretaria Geral e Casa Civil da Presidência da República e pelo TCU e iniciativa pioneira para a construção da Agenda para o Brasil Digital (documento com diretrizes para que o País se torne efetivamente uma nação avançada no uso de tecnologias digitais). Foi um ótimo momento para conhecer experiências de sucesso tanto daqui quanto de outras realidades como Austrália, Coreia e União Europeia e de confirmar que o progresso tecnológico permite que rapidamente possamos melhorar o nível dos serviços prestados à população brasileira.
Se é verdade que há setores em que continuamos excessivamente burocráticos, há esperança no horizonte de curto tempo quando vemos exemplos como a depuração das bases informacionais do Reino Unido, em relação ao serviço de transporte urbano. Naquela situação, a administração britânica constatou que o conteúdo de se…

Image as a service (IaaS): Processamento digital de imagens de satélite via web - Parte 1

Neste artigo e no próximo apresentaremos como os sistemas de informações geográficas têm avançado para soluções em Cloud, e mais especificamente, como é possível realizar o processamento de imagens de satélite na web e em tempo real.

Acompanhe!



1. INTRODUÇÃO
Imagens de sensoriamento remoto de alta resolução vêm sendo usadas para uma série de atividades de planejamento, monitoramento e tomada de decisão visando o desenvolvimento sustentável da sociedade. O satélite chinês de sensoriamento remoto ZY-3 (ZiYuan-3) operado pela empresa estatal chinesa SASMAC (SatelliteSurveying andMappingApplication Center) é um exemplo de uma nova geração de plataformas com sensores de alta resolução espacial focados em mapeamento sistemático e que contribuem para um entendimento mais profundo da superfície terrestre e sua dinâmica. O ZY-3 foi lançado em 2012 é foi desenhado para mapeamento topográfico e monitoramento ambiental através de um par estereoscópico de sensores. Ele carrega 3 câmeras que produzem …

Arquitetura Corporativa e os 10 Princípios para a Boa Governança Pública – Parte 1

Olá! No artigo anteriorvimos como a Arquitetura Corporativa pode apoiar a adesão ao Referencial Básico de Governança publicado pelo TCU.
Neste artigo trataremos de uma proposta apresentada pelo Instituto Brasileiro de Governança Pública (IBGP) durante o I Fórum de Governança Corporativa, ocorrido na Sede do Serpro, em Brasília, em agosto de 2014.
A palestra realizada por José Geraldo Loureiro Rodrigues, Diretor Executivo do IBGP, abordou a evolução da governança corporativa no setor público baseada em regras para uma vertente baseada em princípios. O vídeo gravado da palestra pode ser acessado aqui.
Conforme afirmado por Loureiro os frameworks baseadas em Princípios são caracteristicamente vistos como mais flexíveis e menos rigorosos do que os frameworks baseados em Regras, permitindo assim mais espaço para personalização em organizações particulares e outras circunstâncias.
“Governar por Regras”, a partir de uma perspectiva de governança, significa que uma organização pública tem o objet…