quinta-feira, 4 de maio de 2017

O FACIN e a EGD - A relação entre seus Princípios (parte 1)

Olá!

No artigo anterior discorremos sobre o FACIN (Framework de Arquitetura Corporativa para Interoperabilidade em Apoio à Governança), apresentando os principais componentes de sua estrutura. Hoje começaremos a apresentar como o FACIN suporta e se relaciona com a EGD.

O desenvolvimento do FACIN, além de ser orientado pelas práticas mais atuais de Arquitetura Corporativa para Governos, vem buscando corresponder às demandas apresentadas pela EGD. Como mencionado nos artigos anteriores, enquanto a EGD foca no “O que fazer”, em termos de Governança Digital no Governo Federal, o FACIN tem como propósito ser “O como fazer” e, portanto, viabilizar a implementação dos objetivos estratégicos da EGD. Vejamos isso, primeiramente, através de sua definição de missão:


Complementarmente, encontramos também a relação direta com a EGD em sua declaração de propósito:


De forma mais objetiva e integrada, podemos analisar a relação entre os princípios do FACIN e da EGD, e suas formas de relação e apoio. A seguir, apresentamos uma primeira visão sobre estas relações, em forma de uma tabelaa qual indica aqueles que apoiam em maior ou menor nível de intersecção.
No nosso próximo encontro, detalharemos cada um desses princípios.

Até lá!

Um comentário :

  1. Muito interessante o alinhamento proposto por Alexandre Vieira Coutinho em relação ao FACIN e a EGD! Alinhamento semelhante pode ser observado entre ações de grande porte nas organizações públicas e os Princípios do IBGC, apontados no artigo < http://areasdeintegracao.blogspot.com.br/2015/04/alinhamento-das-acoes-aos-pilares-da_30.html >.

    ResponderExcluir