quarta-feira, 23 de março de 2016

“Nosso Governo Interopera !”

Recentemente estive conversando com os gestores do Governo de Rondônia, em uma palestra sobre “Governo Eletrônico: Transparência e Oportunidades para Governos”. O público, composto por uma grande maioria de jovens, lotou um auditório com capacidade para 300 pessoas. Aí vem a grande pergunta, o que motiva um contingente tão grande de pessoas a assistir uma palestra sobre TI?

Dia (que se estendeu pela noite) anterior havia conversado animadamente com colegas da Secretaria de Assuntos Estratégicos sobre o que era pretendido com o evento. Soube mais sobre a primeira edição, realizada ano passado – este era o II Seminário de Gestão Pública – e os resultados que eles vinham obtendo com a implementação de fóruns de debates envolvendo todos os servidores do Estado.

Com todas aquelas informações sendo compartilhadas, optamos por mudar o formato do evento, abrindo espaço para um debate com especialistas envolvidos com a melhoria dos serviços públicos para a sociedade, independente se direta ou indiretamente atuando na TI.

Tenho em mim a compreensão de que, se fazer uma palestra é um rico momento para compartilhar com uma comunidade sua experiência, participar de um debate é uma “hora feliz”. E não foi de outra forma, pois tive a felicidade de ver aquela comunidade trabalhando, ansiosa por apresentar, discutir e resolver seus problemas, de forma direta, ágil, onde especialistas e lideranças se apresentam com indiscutível postura de gestores públicos.

Como meus colegas de trabalho, destaco sempre que um dos pontos emblemáticos para quem está envolvido com a interoperabilidade é conjugar as dimensões técnica, semântica e organizacional. Mas, naquele auditório lotado, o assunto foi abordado durante o debate como se estivesse sendo discutido em uma pequena sala de reuniões.

Levaria páginas relatando este caso, como também outros ocorridos durante a palestra, bem como o encerramento da palestra pelo Governador, que fez questão de subir ao palco para alinhar com sua equipe o “dever de casa”. Mas tudo isto está nesse vídeo, que deve ser assistido por aqueles que, como eu, se emocionam com equipes competentes e motivadas.

Dia seguinte, no encerramento, sou surpreendido com a afirmação que dá nome a este artigo, proferida pelo Secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão.

Reconhecido pelos pares como um dos mais antigos no cargo, em sua fala remonta sua experiência e relata a forma como é conduzida a gestão no Estado de Rondônia, os resultados obtidos e afirma: “ontem eu tive certeza, nosso Estado interopera”...


Rondônia está no radar, vale a pena acompanhar o que está acontecendo por lá.


Mais tarde soube que, além do público presente no auditório, existia um cadastro reserva esperando desistências para participação, e também transmissão ao vivo, pela internet.


Nenhum comentário :

Postar um comentário