sexta-feira, 19 de junho de 2015

Inteligência Geográfica: eficiência para o Setor Público

Estamos vendo na última década um crescimento exponencial da utilização de geotecnologias no setor público, indo bastante além da tradicional produção de mapas e cartografia. As aplicações são inúmeras e cada vez mais estão suportando a missão das instituições nos mais diversos segmentos. Trouxe hoje alguns exemplos recentes destas iniciativas que tem promovido o fortalecimento da INDE, da transparência e aumentado a eficiência na administração pública. 

Polícia Militar do Distrito Federal sai na frente em tecnologia para segurança pública

A Polícia Militar do Distrito Federal mais uma vez se destaca no uso de tecnologias a serviço da segurança pública. Policiais do Centro de Inteligência (CI) realizaram uma palestra, no último dia 9, no evento Eu Esri 2015, sobre a plataforma ArcGIS utilizada para gestão e planejamento operacional.

A plataforma reúne mapas, aplicações, dados e pessoas para monitorar e rastrear eventos em tempo real para facilitar o planejamento e a tomada de decisões pela organização. Na palestra os capitães Roberto Pimentel e Leandro Guimarães demostraram a aplicação da plataforma para uso na gestão e planejamento operacional.

Foram apresentados diversos painéis gerenciais bem como um protótipo de serviço que em breve estará disponível em todas as unidades da PMDF. A aplicação facilita o gerenciamento mais efetivo do emprego policial além de permitir a visualização das ocorrências em tempo real no mapa. Iniciada há pouco mais de um ano, a implementação dessa plataforma na Corporação figurou como destaque do evento no segmento segurança pública e defesa.



Ministério dos Transportes receberá prêmio internacional pela melhor Iniciativa Brasileira em Geoinformação

Entre mais de 100 mil concorrentes, o Ministério dos Transportes foi contemplado com o Prêmio SAG Award (Special Achievement em GIS), a ser recebido entre os dias 20 e 24 de julho, em San Diego, California, Estados Unidos. 

O Ministério, por meio da Secretaria de Política Nacional de Transportes – SPNT, se destacou entre os milhares de inscritos, ficando entre os 175 selecionados, com o Projeto IDE-T - Infraestrutura de Dados Espaciais de Transportes, que representa a integração de políticas, procedimentos, mecanismos e tecnologia a fim de promover a efetiva gestão da geoinformação do Setor Transportes da administração pública federal.

O prêmio, conferido pela ESRI – Environmental Systems Research Institute, líder mundial no segmento e fabricante da plataforma sobre a qual a IDE-T está estruturada, reconhece as organizações que implementaram soluções de Sistemas de Informações Geográficas (GIS) que agregam valor à sociedade por meio da Geoinformação. A iniciativa atribui às empresas e órgãos em todo o mundo a notoriedade pela excelência de trabalhos desenvolvidos no setor.

A IDE-T é uma iniciativa estratégica do Setor Transportes, coordenada pela SPNT, tendo sido estabelecida em consonância com o Decreto nº 6.666/2008, que instituiu a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (INDE), e com os objetivos estratégicos do MT de “aprimorar a disponibilidade, qualidade e integração das informações”, “promover a inovação incorporando novas tecnologias” e “assegurar a transparência ativa da gestão”.

Aplicação de Sistema de Informação Geográfica rende para Secretaria do Meio Ambiente do Tocantins Premiação em Brasília 

Pelo reconhecimento da aplicação de geoprocessamento para o monitoramento e inteligência ambiental,  utilização de dados na gestão e realização do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e monitoramento de focos de queimadas em todo Estado do Tocantins, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) recebeu durante o evento do “Eu Esri na Estrada 2015”, edição de Brasília, a premiação Empresa GIS do Ano como um dos melhores órgãos públicos do País a desenvolver aplicações GIS. A premiação aconteceu no último dia 10, em Brasília.

A gerente de Informações e Inteligência Ambiental, Maria Amélia, destacou a importância da plataforma ArcGIS para a gestão ambiental. “Ferramenta como essa é de fundamental importância tanto para a administração pública, como para população. Esse sistema é o início de um processo que visa a oferecer ao cidadão um serviço útil e de grande interesse social, pois trás informações importantes sobre o monitoramento da cobertura vegetal em todo Estado, e isso, trás grandes avanços para os trabalhos de gestão ambiental,  principalmente na implantação do Cadastramento Ambiental Rural (CAR)”, disse a gerente.


Com informações de:

Nenhum comentário :

Postar um comentário