terça-feira, 9 de dezembro de 2014

XBRL e sua relevância na sociedade



Muito se tem discutido sobre as melhores práticas para o compartilhamento das informações contábil-financeiras. É bem verdade que, na era da internet, o ritmo encontra-se demasiadamente acelerado. Mal o contador aprende a utilizar a ferramenta disponível, já se tem outra mais moderna e cheia de siglas difíceis.

Bom, o intuito do eXtensible Business Reporting Language – XBRL é reportar o grande número de demonstrativos existentes, de forma que todas as partes relacionadas possam intercambiar entre si aqueles dados que necessitam.

Ele nada mais é do que uma tecnologia que visa a automação dos processos de envio e recepção das demonstrações, por parte da pequena, média e grande empresa. Ele não altera o conteúdo, mas permite uma conversão para qualquer sistema.
 
Este é um sonho antigo para a contabilidade, pois, para atender aos vários órgãos de controle, é imprescindível a adaptação dos relatórios de forma a cumprir as legislações vigentes.

A sua importância reside no fato que os usuários poderão transformar todos os documentos, seja em word ou outro formato, em arquivos que serão lidos por qualquer entidade que utilize o padrão, diminuindo a demora da entregas dos resultados e barateando os custos com revisão de informações.
 
O grande passo foi dado em 2014, com a implantação do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais-SICONFI, pela Secretaria do Tesouro Nacional, para todos os entes federados, pois o sistema citado já utiliza o padrão XBRL.
Aliado a este programa, também se encontra em fase de desenvolvimento a utilização desta linguagem pelo SPED – Sistema Público de Escrituração Digital. Quando ocorrer a completa aderência, faltará muito pouco para todos os órgãos utilizarem esta ferramenta.

Haverá um tempo em que não será necessário possuir diversas planilhas com diferentes planos de contas, pois basta configurar o tipo de informação e esta será lida por todos. Será maravilhoso quando isto acontecer, entretanto os contabilistas terão um caminho a percorrer. Será de vital importância perder o medo da tecnologia e aprofundar-se no estudo.
 
Têm-se um vasto campo a ser explorado, então mãos à obra, que Deus ajude a todos! E, contadores, sem essa de que informática é para os analistas, afinal na era da evolução digital, quem não muda fica na pré-história.

Nenhum comentário :

Postar um comentário