quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Continuando a criação de uma instância XBRL

Em um artigo anterior começamos a descrever o processo de criação de uma instância (eXtensible Business Reporting Language)XBRL, e neste artigo daremos continuidade a esta descrição.

Já comentamos que a tag principal de um documento XBRL deve ser a tag xbrl, mas se você analisar o documento de exemplo que acompanha os arquivos da taxonomia do SICONFI(Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro ), irá verificar que na verdade a tag principal está escrita como xbrli:xbrl. Surge a dúvida: O que significa este xbrli que aparece na frente? Isto significa um namespace (espaço de nomes).

Namespaces

Um namespace consiste em uma funcionalidade do padrão XML (no qual está baseado o XBRL), que foi criada para evitar o conflito na criação de nomes de tags. Imagine que uma organização A criasse a tag "pessoa" para descrever as informações importantes sobre uma pessoa para aquela organização, e outra organização B também criasse uma tag "pessoa" com o mesmo objetivo. Neste caso haveria um conflito caso as tags fossem usadas em um mesmo documento XML. Para que este problema não ocorra, deve-se utilizar os namespaces. Com isso, a organização A terá um espaço de nomes de tags distinto do espaço de nomes de tags de outras organizações, evitando o conflito.

No caso do do namespace xbrli, presente no documento de exemplo da taxonomia do SICONFI, ele é associado à organização XBRL International, conforme descrito no trecho do documento de exemplo abaixo:

xmlns:xbrli="http://www.xbrl.org/2003/instance"

A diretiva xmlns indica que se deseja utilizar um namespace no documento, que neste caso receberá o nome xbrli, e que está associado à URL informada. Isto indica que, naquele documento, sempre que uma tag for precedida pelo namespace xbrli, aquela tag deverá ser interpretada conforme estabelecido pela organização XBRL International.

Outro namespace importante existente no arquivo de exemplo é o namespace siconfi-cor, definido da seguinte maneira:

xmlns:siconfi-cor="http://fazenda.gov.br/siconfi/cor/ic/siconfi-cor_2014-09-30"

Esta definição indica que, sempre que alguma tag for precedida pelo namespace siconfi-cor, ela deverá ser interpretada conforme a definição feita pelo Ministério da Fazenda.

Fica o convite para o leitor estudar os outros namespaces existentes no documento de exemplo, tanto os que são referentes ao padrão XBRL, quanto aqueles que foram criados especificamente para o SICONFI.

Nenhum comentário :

Postar um comentário